Rua Barão de Itapetininga, 124 - CJ 122 - São Paulo-SP +55 11 5062-3521 Español English Português

Gestão de Saúde e Segurança

Os acidentes de trabalho e as doenças ocupacionais são algumas das maiores preocupações das organizações, uma vez que além de atingirem seus processos produtivos (pelo absenteísmos causado pelas ocorrências) estes eventos atingem também a imagem a aos cofres das empresas, já que anualmente são gastas quantias fabulosas com indenizações, multas e reparações.

Os gestores finalmente estão compreendendo que os investimentos em segurança são facilmente recuperáveis. Essa percepção é reforçada, infelizmente, pelos graves eventos ocorridos recentemente em empresas do ramo de mineração, petróleo e gás.

Saúde e Segurança Ocupacional é uma prioridade ao redor do mundo, devido às consequências devastadoras que acidentes com funcionários e que seguem acontecendo podem causar. No início dos anos 90, lideranças de diversas regiões geográficas e econômicas expressaram suas preocupações sobre Saúde e Segurança Ocupacional.

Os sistemas de gestão de SSO estabelecem requisitos mínimos para identificar e controlar os riscos relacionados à saúde ocupacional e segurança do trabalho.

Gestão de Saúde e Segurança

OHSAS 18001

A OHSAS 18001 consiste em uma série de normas britânicas, desenvolvidas pelo BSI Group, para o estabelecimento de um Sistema de Gestão, permitindo a certificação deste sistema em Segurança e Saúde Ocupacionais (SSO).

OHSAS é uma sigla em inglês para Occupational Health and Safety Assessment Series (Série de Avaliação de Segurança e Saúde Ocupacional). O sistema de gestão proposto pela OHSAS pode ser integrado aos sistemas de gestão ambiental e da qualidade, mas também podem operar de maneira isolada.

A OHSAS 18001 expõe requisitos mínimos para a construção de um sistema de gestão da SSO onde a organização deve estudar os perigos e riscos do trabalho aos quais os trabalhadores (próprios ou terceirizados) podem estar expostos.

Exemplos de alguns requisitos importantes e aplicáveis a qualquer empresa:

  • Atendimento a Requisitos Legais - É necessário identificar e demonstrar conformidade com a legislação de SSO aplicável.
  • Preparação para Resposta a Emergências - A organização deverá estabelecer planos e se preparar para executá-los em caso de situações emergenciais (acidente, mal súbito etc).
  • Controles de Saúde e Segurança - Os riscos significativos devem ser identificados e controlados para evitar que se transformem em danos adversos.
  • Monitoramento - Os parâmetros de SSO relevantes para a empresa ou identificados na legislação (temperatura, níveis de oxigênio, saúde das pessoas, ruído etc) devem ser monitorados para acompanhar eventuais desvios.
  • Gestão de Mudanças - As mudanças do sistema de gestão da organização devem ser planejadas e gerenciadas de maneira que os seus impactos sejam absorvidos.

A OHSAS está em processo de substituição pela ISO 45001, que deverá ser publicada nos próximos meses. Esta substituição tem a principal intenção de criar uma norma verdadeiramente internacional de SSO, uma vez que a OHSAS não tem reconhecimento dos organismos de acreditação.

ISO 45001 - Norma Internacional de Segurança e Saúde Ocupacional

A nova norma ISO 45001 que trata dos requisitos para o sistema de gestão em Saúde e Segurança Ocupacional, foi produzida pelo Comitê de Projetos ISO PC 283, publicada em março de 2018. A norma está alinhada às novas versões da ISO 9001 (Gestão da Qualidade) e da ISO 14001 (Gestão ambiental), que foram revisadas e publicadas em setembro de 2015.

O Comitê de Projetos ISO PC 283 está atualmente finalizando os trabalhos com 50 países e organizações internacionais, incluindo a Organização Internacional do Trabalho, para desenvolver uma norma capaz de melhorar os aspectos de Saúde e Segurança Ocupacional para todos, nas esferas locais, nacionais, regionais e internacionais, seja em países desenvolvidos, seja em países em desenvolvimento.

As principais características para a nova norma são:

  • Gestão baseada em riscos
  • Determinação e gestão do atendimento às partes interessadas
  • Necessidade de planejamento das comunicações
  • Gerenciamento das mudanças ocorridas no sistema
  • Maior compromisso da Liderança em todo o processo.
  • Integração do sistema de gestão de SSO nos processos de negócio da organização, uma vez que a OHSAS 18001 acabou ficando para trás em termos de estrutura.

Houve outras mudanças de menor impacto e complexidade, que devem ser observadas no momento da transição.

Nós podemos ajudá-lo

A PM Analysis assessora centenas de clientes na implantação ou melhoria do seu sistema de gestão. Os serviços são baseados em programações prévias e exaustivo planejamento, de forma que a condução dos projetos ocorra de maneira totalmente monitorada, garantindo o seu sucesso no tempo previsto.

As atividades de assessoria são realizadas por consultores qualificados e experientes, capazes de propor soluções para os diversos processos que compõem o Sistema de Gestão da sua empresa.

Simplicidade, criatividade, respeito à cultura e aos recursos disponíveis em cada empresa são as nossas principais premissas nas decisões tomadas em conjunto com o cliente.

Alguns benefícios de contratar a PM Analysis​

  • Visão prática e objetiva da gestão
  • Soluções personalizadas para o seu negócio
  • Adequação às principais normas
  • Experiência em vários setores da economia
  • Desenvolvimento e implantação de ferramentas de gestão específicas

Solicite um orçamento