Rua Barão de Itapetininga, 124 - CJ 122 - São Paulo-SP +55 11 5062-3521 Español English Português

RGE – Rio Grande Energia – Certificação do Sistema de Gestão Integrado

Gostou? compartilhe!

RGE – Rio Grande Energia – Certificação do Sistema de Gestão Integrado

Operando no Rio Grande do Sul, a Rio Grande Energia (RGE), empresa do grupo CPFL, é uma grande organização de transmissão e distribuição de energia. Por um longo tempo a empresa realizou, com recursos próprios, esforços de certificação do seu Sistema de Gestão Integrado, contemplando as normas de referências ISO9001, ISO14001, OHSAS18001 e SA8000.

Devido à expectativa do mercado e dos acionistas, além da necessidade de um alinhamento com a CPFL, que havia recentemente adquirido o controle da RGE, no ano de 2007 tornou-se necessário certificar as operações da empresa, que contava na época com dezenas de unidades operacionais e com suas atividades cobrindo 262 municípios gaúchos. Devido a esta dimensão é possível conceber a complexidade e o desafio que representaram a certificação desta organização.

A PM Analysis foi contatada por intermédio da CPFL e iniciou os trabalhos no mês de junho de 2007, através da realização de um minucioso diagnóstico, que permitiu a identificação dos pontos chave para implementação e deu subsídios para o estabelecimento de um plano de ação preciso e eficiente. Após esta atividade, foi realizado um treinamento de formação da equipe de implantação, que permitiu a capacitação de todos os membros do time envolvido. Após o treinamento, as equipes multidisciplinares iniciarem as atividades de desenvolvimento, tendo como apoio o cronograma detalhado e as frequentes reuniões de acompanhamento realizadas com a orientação dos consultores da PM Analysis.

Em dezembro de 2007 a RGE obteve a quádrupla certificação (ISO9001, ISO14001, OHSAS18001 e SA8000) em um prazo extremamente enxuto (menos de seis meses). Se for considerado que o método de implementação pressupõe que o sistema esteja pronto no momento da auditoria interna, que ocorreu 2 meses antes da auditoria de 2ª fase de certificação, a adequação do SGI ocorreu em 4 meses. Apesar do prazo exíguo, a implementação ocorreu de maneira sólida e consistente, fato que pode ser comprovado pelo sucesso nas sucessivas auditorias de manutenção que ocorreram após a auditoria inicial. O sucesso do projeto se deveu, além da competência e da experiência dos consultores da PM Analysis, à postura extremamente comprometida da equipe da RGE, que não mediu esforços para que este empreendimento chegasse a bom termo.



Gostou? compartilhe!